Denegrir: uma obra que resgata a identidade da população negra brasileira de forma afrocentrada

Escrever é um ato político! Assim, George Oliveira se apropria e ressignifica o conceito do verbo denegrir para despertar reflexões sobre a história do povo negro.

Capa do Livro Denegrir
Créditos: Editora Telha

Buscando emergir, relembrar e amplificar os fatos vividos pela população diásporica negra no Brasil, George Oliveira inicia a pré-venda do seu primeiro livro, no dia 19 de outubro, às 19h, através de uma live transmitida pelo Facebook da Editora Telha. Em seu lançamento, o autor promove um bate-papo com Tarry Cristina, Pós-graduada em psicopedagogia clínica e institucional, Silvio Humberto, Vereador de Salvador e Doutor em economia e Valéria Lima, Editora chefe do portal Correio Nagô.


A obra é uma coletânea de textos, escritos ao longo de dez anos, que apresenta de forma cronológica e afrocentrada a (re)construção da identidade negra no Brasil. As reflexões trazidas no livro nascem das vivências do autor durante as duas décadas enquanto ativista do movimento negro brasileiro.


Segundo George, é preciso estar na linha de frente contra o racismo, se conectando com o passado, reconhecendo o presente e almejando um futuro mais justo e igualitário. O autor ainda destaca a importância de uma escrita adotando uma visão antirracista para este combate: “diante das (in)certezas que o racismo nos provoca, dentre as diversas estratégias para mitigar as sequelas das desigualdades raciais, escrever e publicar artigos de opinião fez com que essa trajetória resiliente fosse fortalecida ao passo em que ousamos organizar e registar o pensamento como uma arma contra as opressões.”


A construção do livro segue algumas dimensões que estão consonantes com a lei 10639/03 e a importância acerca do estudo da História da África e dos Africanos, a luta dos povos negros no Brasil, a cultura negra brasileira e a população negra na formação da sociedade nacional, resgatando a contribuição desses povos nas áreas social, econômica e política pertinentes à História do Brasil.


SOBRE O AUTOR

George Oliveira é doutorando em educação pela Faculdade de Educação – FACED, na Universidade Federal da Bahia – UFBA, pesquisa: “racismo e antirracismo no futebol brasileiro”; mestre em Desenvolvimento e Gestão Social, CIAGS-UFBA, onde criou o Jogo do Imbundeiro, um jogo organizacional que problematiza aprendizagem organizacional à partir de valores africanos e afro-brasileiros; Especialista em Inovação, Sustentabilidade e Gestão de Organizações do Terceiro Setor; Graduado em Ciências Econômicas – UFBA; já ministrou aulas em

Créditos: universidades; Gestor administrativo do Instituto Steve Biko (Salvador-Bahia); presta consultorias para empresas nos temas diversidade, inclusão e equidade; foi membro titular do Conselho de Desenvolvimento da Comunidade Negra – CDCN-Bahia; Escritor de textos antirracistas para blogs e sites, onde busca expressar e compartilhar seus medos, descobertas, angústias e aspirações. Em 2021 lança seu primeiro livro: Denegrir – Educação e Relações Raciais.


SERVIÇO

O que: Live de lançamento do livro “Denegrir” de George Oliveira;

Quando: Dia 19 de outubro, às 19h;

Onde: Através do Facebook da Editora Telha www.facebook.com/editoratelha

Quanto: Acesso gratuito

Onde comprar o livro: www.editoratelha.com.br


Destaque!!!
Posts Recentes
Arquivos
BikoTags
Siga-nos!!
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square