Ajude o Instituto Steve Biko a oferecer acolhimento psicossocial para comunidades periféricas de Sal


A Biko, a Fundação Tide Setubal e parceiros, estão realizando uma campanha de financiamento coletivo para o projeto BIKO NA CABEÇA, que visa oferecer acolhimento psicossocial (via internet) para comunidades periféricas de Salvador com objetivo de diminuir os efeitos da pandemia do coronavírus nessas comunidades.

A campanha funciona da seguinte forma: a cada um real doado neste link https://benfeitoria.com/bikonacabeca , o Matchfunding Enfrente (fundo colaborativo Enfrente) constituído pela Fundação Tide Setubal e parceiros vai colocar mais dois reais.

“Queremos promover o engajamento de pelo menos 100 colaboradores (estudantes, professores, apoiadores) presentes em 10 territórios da cidade para mobilizar suas comunidades para o acesso ao serviço de acolhimento psicossocial”, pontua o diretor de projetos do Instituto Cultural Steve Biko, Lázaro Cunha.

De acordo com os primeiros dados divulgados pelo Ministério da Saúde em 10/04, a covid-19 é mais letal entre a população negra. Segundo o órgão, pretos e pardos representam 23,1% das pessoas internadas por Srag (Síndrome Respiratória Aguda Grave), mas correspondem a 32,8% dos óbitos por covid-19: 1 em cada 3 mortos pela doença.

A psicóloga da Biko, Cristiane Furtado explica que o acolhimento on-line poderá ser feito de forma individual ou em grupo, visando a conscientização e cuidados com a saúde física e emocional em decorrência da pandemia, 'dando especial atenção às orientações sobre as formas de contágio e a prevenção à violência doméstica crescente no período’, esclarece.

Segundo dados do Disque 180, central de denúncias de violência contra mulher, o número de ligações aumentou 9% só na primeira quinzena de março. “Um número que pode estar subestimado, uma vez que a presença do agressor pode inibir essas mulheres e acessar os canais convencionais que as ajudem a salvar suas vidas; É um ambiente de muita tensão em casa”, pontua a assistente social da Biko, Heide Damasceno.

De acordo com a ONU Mulheres, o contexto de emergência aumenta os riscos de violência contra mulheres e meninas, especialmente a violência doméstica, em razão das tensões em casa e, também, do isolamento das mulheres.

A perspectiva é de atender pelo menos 300 pessoas: os próprios estudantes, professores e seus respectivos vizinhos e amigos moradores de bairros periféricos de Salvador.

Faça parte do BIKO NA CABEÇA. Doe! Nossas vidas importam.

O link para que você possa fazer a doação é: https://benfeitoria.com/bikonacabeca​


Destaque!!!
Posts Recentes
Arquivos
BikoTags
Nenhum tag.
Siga-nos!!
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Entre em contato:
(+55 71) 3241-8708

Encontre-nos:

Rua do Paço, n°4 - Pelourinho

Salvador - Bahia - Brasil

© 2014 - Por: Instituto Cultural Steve Biko.

Parceiros: