#Carnaval2020 - Instituto Steve Biko levou a luta antiracista à Mudança do Garcia



O bloco Os Bikudos retornou ao Carnaval de Salvador após oito anos durante a Mudança do Garcia, na última segunda (24). Com placas em riste e carrinho de café guiando a banda percussiva e a massa, o Instituto Steve Biko desfilou com o tema “Poder para o Povo Preto”. A manifestação cultural foi uma aula de cidadania em que o público em amarelo, vermelho e preto se divertiu sem perder o fôlego da luta.


A diretora executiva Jucy Silva apontou a importância do retorno do bloco. “Os Bikudos nasce da necessidade de trazer para a Mudança do Garcia nossas bandeiras contra o racismo, o machismo, a homofobia e a favor da educação. Sendo a Biko uma instituição de educação, nós encampamos uma luta em defesa das cotas, da educação de qualidade e gratuita”, ressaltou.



Considerando a conjuntura política uma ameaça à educação, Jucy reafirmou a importância de pautar tais questões durante a folia da capital baiana. “Neste contexto tão ruim para educação precisamos lutar bastante para garantir a educação de nosso povo e conquistar outros espaços. Nossa presença aqui é sobre a nossa necessidade de continuar a pautar o que nos é importante, além de ser um momento de alegria, mas firmes dos nossos propósitos”, explicou Jucy.


Para a diretora pedagógica Tarry Cristina, após o carnaval se inicia o período de eleição municipal e requer atenção durante a festa. “Voltamos depois de oito anos, num período que precede o momento que irá definir a nova prefeitura e câmara de vereadores, para nós bikudas e bikudos, é o momento de fazer frente contra a ditadura de direita que tem investido num desmonte da educação”, declarou.


Carnaval racial


Tarry também evidenciou que a celebração é uma reunião potente do povo preto. “Esse momento nos move para pensar como resgatar o que o carnaval significa para o povo preto, sobretudo, os que participam da Mudança do Garcia, que nasce de uma luta de moradores deste bairro, não podemos deixar de estar neste retorno e de fazer frente a oposição”, disse Tarry. “Este é um carnaval social e racial. Estamos aqui fazendo a alegria de nosso povo e lembrando que carnaval sim, com racismo não!”, afirmou.

Fotos Beatriz Inarê e Marcelo Ricardo

Após o percurso que saiu do Largo do Garcia, o bloco desfrutou da feijoada no comitê do vereador Silvio Humberto. “Acredito que os Bikudos nunca pararam, pois suas ideias e alegria contagiou a história da Mudança do Garcia”, descreveu o vereador. “Num contexto de retrocesso, precisamos nos apropriar de todos os espaços para levar nossa discussão e defender o que acreditamos”, ressaltou Silvio.


Destaque!!!
Posts Recentes
Arquivos
BikoTags
Nenhum tag.
Siga-nos!!
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Entre em contato:
(+55 71) 3241-8708

Encontre-nos:

Rua do Paço, n°4 - Pelourinho

Salvador - Bahia - Brasil

© 2014 - Por: Instituto Cultural Steve Biko.

Parceiros: