Fui aprovado na seleção para o Doutorado na UFBA! - Por George Oliveira



Se esta mensagem chegou até você, provavelmente somos da mesma família, estudamos ou trabalhamos juntos, fomos vizinhos ou fui seu aluno ou seu professor.


Pode ser que nestes últimos 40 anos tenhamos nos encontrado uma ou muitas vezes, ou quem sabe, nem isso, mas as redes sociais nos aproximaram, de alguma forma.

Caso não me conheça e, mesmo assim tenha chegado até esta parte do texto, fica aqui registrada a minha satisfação em conhece-lx. Meu nome é George Oliveira, nasci e moro em Salvador-Bahia e a minha história é comum a de muitos brasileirxs, negros e negras, que sonham e lutam por uma reparação racial aos danos históricos acometidos à parcela majoritária da população deste país.


Importante lembrar que sou “cria” do movimento negro e nas duas últimas décadas faço parte e muito me orgulho do Instituto Steve Biko. Por três vezes: “a UFBA é nossa!” e estou muito feliz com esse retorno para a universidade onde fiz graduação e o mestrado. Como um bom “balbudiano”, acredito que não estou só. Este texto nada mais é do que um reconhecimento disso. Tomado pela emoção, faço aqui uma tentativa de reafirmar a importância dos diversos apoios ao longo desta jornada. A lista é imensa, mas este momento é de muita felicidade e preferi compartilhar.

Todos os “nãos” perdem sua importância quando você conquista o SIM! Algumas vezes, os estudos e atividades acadêmicas fazem com que a gente precise abdicar de alguns momentos de diversão com pessoas que gostamos e queremos por perto. Desculpa pelas ausências, prometo que buscarei a leveza para os próximos quatro anos onde acredito estar mais experiente e voltado para cumprir as metas desta nova etapa.


Deixo aqui o meu “muito obrigado!” na certeza de que ele chegará às pessoas e organizações corretas. Se há vinte anos eu não conhecia a minha “verdadeira história” e não pensava cursar a UFBA, hoje estamos no doutorado e sou cotista pela primeira (que orgulho!!!).


Essa história não termina por aqui e espero ser replicada por muitos e muitas que comungam dos mesmos anseios. Estou feliz em iniciar esta nova caminhada. Hoje é 18 de dezembro e estamos no doutorado acadêmico na Faculdade de Educação/FACED, da Universidade Federal da Bahia – UFBA. Esta notícia chega no mesmo dia da data de nascimento de Bantu Steve Biko. Valeu Biko.... temos mais um Bikudo no doutorado.


“A Bola da Vez” é música do Ilê Aiyê que embala essa caminhada, na noite da formatura da graduação ouvimos um trecho e cada dia faz mais sentido: “Ô ô essa reparação já passou da hora/ Não desisto, pois eu sou um negro quilombola/Eles pensam que pode apagar nossa memória/Mas a força do Ilê nos Conduz nessa trajetória.”


Por George Oliveira - Economista, gestor administrativo do Instituto Steve Biko e agora Doutorando na UFBA.


Destaque!!!
Posts Recentes
Arquivos
BikoTags
Nenhum tag.
Siga-nos!!
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Entre em contato:
(+55 71) 3241-8708

Encontre-nos:

Rua do Paço, n°4 - Pelourinho

Salvador - Bahia - Brasil

© 2014 - Por: Instituto Cultural Steve Biko.

Parceiros: