Nota de Pesar - Binho do Quilombo, líder de Simões Filho, ceifado pela violência.



É com pesar que lamentamos o falecimento do líder da comunidade Quilombola de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). “Binho do Quilombo”, como era conhecido o líder quilombola, Flavio Gabriel Pacifico dos Santos, de 36 anos. Ele foi assassinado na manhã desta terça-feira (19), no distrito de Pitanga de Palmares, próximo a sua casa, quando se dirigia a um sepultamento, em Salvador.


O corpo de Binho foi encontrado dentro do seu carro, em frente à Escola Municipal de Pitanga de Palmares com marcas de tiros.


Binho é filho da ex-secretária da Promoção da Igualdade Racial do município, Maria Bernadete Pacífico, que também é militante na luta pela valorização das comunidades quilombolas e de matrizes africanas.


Em 2016, Binho participou de aulas na Biko, junto aos alunos do pré-Vestibular, em especial nas aulas da disciplina Cidadania e Consciência Negra – CCN. Ele já foi candidato a vereador do município de Simões Filho e era reconhecido por sua militância em prol dos direitos humanos, especialmente quando se tratava da comunidade Quilombola onde se originou.


A Família Biko se solidariza com seus familiares, amigos e companheiros de luta que perdem um grande batalhador em suas frentes.


Com inormações de Mapele News


Destaque!!!
Posts Recentes
Arquivos