#RodadeDiálogo - Instituto Steve Biko debate lutas e retrocessos no governo Temer



No próximo sábado (20), o Instituto Steve Biko realiza a primeira edição do #RodadeDiálogo, um debate entre os jovens estudantes do Pré-Vestibular e convidados. Com o tema “O 13 de maio e nossas lutas em tempos temerosos”, a conversa também é aberta ao público, a partir das 14h. O intuito é pautar as recentes reformas propostas pelo governo federal e as suas conseqüências para a comunidade negra. O tema também é simbólico, em conjunto com o último Dia 13 de maio - Dia Nacional de Reflexão e Luta contra a Discriminação Racial.


Na História, o 13 de maio marca a extinção oficial da escravidão no Brasil, considerada pelo Movimento Negro como uma “mentira cívica”, diante do quadro de exclusão sócio-econômica em que permanece a população negra no país. Para a conversa, os participantes terão a presença do professor da Biko, Guimário Nascimento, especialista em História e Cultura Afro-Brasileira: Fundamentos e Metodologia.


Para se ter uma ideia, o projeto de Reforma Trabalhista, por exemplo, atingirá em cheio a população negra com a precarização do trabalho. Na base da pirâmide social brasileira, com os menores salários e taxa de desemprego duas vezes maior que a dos homens brancos, as mulheres negras serão as principais prejudicadas. Dados do Dieese apontam que esta taxa é de 14%, e a dos homens brancos, de 6,9%. A de mulheres pardas, com a segunda taxa mais baixa, é de 13%, mais alta do que as desempregadas entre as mulheres brancas, 9,7%.



Além disso, com a flexibilização da legislação trabalhista, não só o emprego será mais difícil e os salários serão rebaixados, como também o serão os benefícios, como auxílio transporte e alimentação, sem falar na Previdência, alvo de outra reforma preocupante que, para muitos negros e negras, já se configura “um sonho distante”. Todo este cenário será debatido pelos convidados, trazendo aos participantes uma análise de como esta realidade reflete o passado escravocrata e o racismo estrutural.


O bate-papo integra as celebrações dos 25 anos do Instituto Steve Biko, que vem promovendo a educação para jovens negros e negras ao longo de sua trajetória. A Biko hoje é reconhecida na Bahia, Brasil e no mundo por sua pedagogia centrada na valorização e desenvolvimento da consciência negra, propagada pelo líder sulafricano, Bantu Stephen Biko, patrono da instituição.


Para participar do bate-papo não é necessário inscrição, basta chegar na sede da Biko, localizada na Rua do Paço, nº 04, Pelourinho, às 14h. Será dado certificado online aos participantes.


Biko 25 Anos

Este ano, o Instituto Steve Biko celebra 25 anos pautando a Educação Afrocentrada em seus projetos pedagógicos. Além do Pré-Vestibular para jovens negros e negras oriundos de escolas públicas – que já aprovou mais de 1500 estudantes -, mantém o projeto OGUNTEC, voltado para o mesmo público, com foco no estímulo às Ciências e à Tecnologia. São 15 anos de OGUNTEC, também celebrados este ano, tendo beneficiado mais de 500 estudantes nesta trajetória.


Ao longo de 2017, a Biko terá uma programação especial para celebrar o aniversário, a ser divulgada neste site. A Biko também desenvolve o programa de Intercâmbio, que promove uma troca de experiências entre estudantes estrangeiros, membros do instituto e professores, além de visitas, palestras, workshop, intercâmbio cultural e educacional e estudo de línguas.


Destaque!!!
Posts Recentes
Arquivos
BikoTags
Nenhum tag.
Siga-nos!!
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Entre em contato:
(+55 71) 3241-8708

Encontre-nos:

Rua do Paço, n°4 - Pelourinho

Salvador - Bahia - Brasil

© 2014 - Por: Instituto Cultural Steve Biko.

Parceiros: